Observatório Social promove seu primeiro encontro

18 de dezembro de 2017 12:29

Veja outras publicações das mesmas tags:

No dia 28 de novembro, a diretoria do Observatório Social de São Leopoldo promoveu um primeiro encontro com membros da sociedade local. Os objetivos foram relatar as atividades já realizadas desde a criação do OS, em maio deste ano, e convidar a comunidade a fazer parte do grupo de voluntários. “Nosso pensamento é de que o processo de transformação pode ser executado por cada um de nós, saindo da simples reclamação para a ação efetiva”, destaca Fernando Tamujo, presidente do Conselho Administrativo do Observatório Social.

Ele relata que para 2018, foram definidas 11 proposições (veja lista abaixo), mas para sua execução é necessário ampliar o número de voluntários, seja pessoa física ou pessoa jurídica. “O voluntariado pode ser por meio de prestação de serviços, atuação de acordo com a especialização e também financeiro”, ressaltou. Como exemplo, ele cita os profissionais de Engenharia, que podem contribuir na avaliação de uma licitação ou contrato de emergência para a construção de escolas ou outras obras públicas. “Para que o Observatório Social realmente cumpra a sua missão, que é o de acompanhar o caminho do dinheiro público para que seja bem aplicado, quanto mais voluntários, melhor. Há muito a ser feito, como a fiscalização da entrega dos produtos licitados, da quantidade demanda, dentre outras, que exigem tempo e determinação”.

Segundo Tamujo, o grupo que atualmente integra o Observatório Social está muito alinhado, mas ainda é pequeno frente às diversas demandas. “O Observatório Social segue uma metodologia que exige a presença de voluntários ou estagiários para a inserção dos dados em um sistema especialmente elaborado, que fornece uma série de informações que indicam que aquela licitação está ou não correta. E isto nos exige recursos financeiros que estamos buscando junto à comunidade”, assinalou.

André Osinski, vice-presidente Financeiro e de Sustentabilidade, repetiu diversas vezes o slogan do Observatório Social Nacional, “indignar-se é importante, atitude é fundamental”, para estimular a importância da efetiva participação dos indivíduos nas decisões municipais que causam impacto sobre a população. “Não podemos mais fechar os olhos para o que está a nossa volta. E o Observatório é uma grande ferramenta para o controle de gastos e para o estímulo à economia local”, diz.

Para fazer parte do Observatório Social, o voluntário preenche um Termo de Confidencialidade, que pode ser obtido no site da organização ou solicitado por e-mail saoleopoldo@osbrasil.com.br ou telefone 992053488.

 

 

ObservatórioSocial de São Leopoldo

O Observatório Social do Brasil é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. A Rede OSB é formada por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.


CEP:
Telefone:
E-mail: